CCBA - Centro Cultural do Brasil em Angola

Rua Cerveira Pereira, 19

Baixa de Luanda, Coqueiros,

ao lado do Museu de Antropologia

Luanda

contactoccba@gmail.com

+244 931732214

  • Facebook - Black Circle

Embaixada do Brasil em Luanda

Av. Presidente Houari Boumedienne, 132

Miramar | Luanda

secretariado.luanda@itamaraty.gov.br 

+244 222442010

  • Facebook - Black Circle

Centro Cultural  Brasil Angola

Chamada Pública para utilização de Espaço para  Exposições de Arte
 

Edital de Credenciamento


 

1- Introdução

O Centro Cultural Brasil Angola- CCBA, ligado à Embaixada do Brasil em Angola, totalmente financiado pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil, tem como objetivo principal objetivo difundir e promover a cultura brasileira em Angola. Para tanto, são desenvolvidas, no Centro, atividades voltadas à difusão da literatura e da cultura brasileiras, a organização de exposições de artes visuais, espetáculos teatrais, a participação em feiras de livros, a distribuição de material informativo sobre o Brasil, a difusão da música erudita e popular brasileira, a divulgação cinematográfica brasileira, a organização de palestras e seminários sobre temas relacionados à civilização e à atualidade brasileira e a promoção de outras formas da cultura do Brasil.

Além disto, o CCBA também apoia e realiza atividades ligadas à cultura angolana, além de promover cursos que visam à formação de pessoas em áreas referentes às práticas de produção artística.

Desde 2015, o CCBA ocupa prédio histórico no centro de Luanda, resultado de acordo assinado entre Angola e Brasil para a criação de novos centros culturais nos dois países. Este acordo cedeu ao governo angolano uma casa, sob os mesmos termos, em área histórica nobre no Pelourinho, em Salvador, Bahia.

 

2- Objeto

2.1. O Centro Cultural Brasil-Angola torna público que realizará processo seletivo, com vistas à seleção de projetos passíveis de compor a programação do local de exposições artísticas do Centro, no período de março a dezembro de 2019, em sua sede, localizada na rua Cerveira Pereira, 19, Bairro Coqueiros, em Luanda.

O objetivo desta chamada é receber projetos de comprovada qualidade que já disponham de patrocínio/recursos, mas carecem de espaços adequados para exposição.

2.2. Constitui objeto deste edital o credenciamento de projetos que poderão utilizar o espaço de exposições do CCBA, de acordo com as regras aqui especificadas e nos períodos determinados pela Direção do CCBA.

2.3. Cabe destacar que o edifício onde se encontra o CCBA é bem classificado pelo Instituto de Patrimônio Artístico de Luanda, devendo, portanto, ser respeitadas as normas de preservação deste espaço.

 

3- Período de Exposição

Os projetos selecionados comporão a programação do Centro de março a dezembro de 2019, de acordo com cronograma disponível e determinado pela Direção do CCBA, respeitados os horários e dias de funcionamento do local.

 

4- Caracterização e disponibilidade do espaço

4.1. O espaço de exposições artísticas tem por finalidade promover exposições de artistas residentes ou não em Angola, sejam estas de pinturas, esculturas, fotografias, vídeos e outras manifestações que se adequem às características do local.

4.2. O espaço é assim composto: 1 sala de exposições com área de 180 metros quadrados (12m x 15m) e 3 metros de pé direito, 2 casas de banho (feminina e masculina).

4.3. Os equipamentos disponíveis para as exposições são: 16 cubos brancos de formatos diversos, 50 fios para pendurar quadros ou fotografias, 58 spots manuseáveis para iluminação – lâmpadas dicroicas, 22 lâmpadas fixas brancas, 28 tomadas 220v.

4.4. Caso os equipamentos disponíveis não sejam suficientes para as exposições selecionadas, caberá aos proponentes a aquisição/locação de todos os itens necessários para o bom funcionamento das atividades desde que com a prévia autorização da Diretoria do CCBA.

4.5. A capacidade máxima do local é de 80 pessoas em pé e 60 pessoas sentadas.

4.6. O proponente, no ato de assinatura da Autorização de Uso de Espaço Expositivo, declara ter sido informado da capacidade máxima de público e se compromete a respeitá-la, se responsabilizando pelas ações necessárias para tanto.

4.7. O proponente poderá visitar o espaço de exposições de arte no período da corrente inscrição para observar suas características. Para tal, deverá entrar em contato via telefone para agendar o horário de visita - 931732214.

 

5- Proponentes

5.1. Poderão se habilitar pessoas físicas e jurídicas residentes em Angola ou no Brasil que possam comprovar seus endereços.

5.2. O proponente deverá ser maior de dezoito anos, salvo aqueles emancipados na forma da Lei.

5.3. Cada proponente poderá inscrever até 2 (duas) propostas.

5.4. Não serão aceitas propostas de funcionários do CCBA ou da Embaixada do Brasil em Luanda.

 

6- Áreas de atuação das propostas

Serão aceitas propostas nas seguintes áreas: pinturas, esculturas, fotografias, instalações compatíveis com o espaço, artes manuais, tapeçarias, artes digitais.

 

7- Documentação exigida

7.1. Para efeito de inscrição, o proponente deverá enviar por email (contactoccba@gmail.com) ou entregar o formulário de projetos, conforme modelo disponível para download ou através deste modelo:

  1. Título da Exposição

 

  1. Biografia do(s) Artista(s)/Histórico da Empresa

 

  1. Conceito do Evento (breve explicação sobre o que o público irá encontrar, por que o artista escolheu este tema, o que isto representa, como será o evento, se haverá atividades paralelas, como elas serão desenvolvidas
    Pode ser enviado com horários e atividades em forma de listagem)

 

  1. Datas pretendidas

 

  1. Recursos necessários (rider técnico, ficha técnica, tipo de espaço pretendido, logística, atendimento ao público etc)

 

  1. Cronograma (datas de (para montagem, ensaios, realização, desmontagem)

 

  1. Equipe envolvida - currículos 

 

  1. Divulgação (como será feita, se precisa de apoio, etc)

 

  1. Patrocinadores (se haverá algum patrocinador e qual será - apenas para conhecimento)

 

  1. Coquetel (se haverá um coquetel no dia do evento, qual será a empresa responsável)

 

  1. Contatos  do(s) responsável(is)

 

12. Link de portfólio online (site, facebook, youtube, algo que possamos verificar o trabalho já desenvolvido), ou portfólio anexado.

7.2. O material entregue não será devolvido ao proponente, podendo o CCBA se desfazer do mesmo.

 

8- Prazo de entrega dos documentos

8.1.Os interessados deverão entregar a documentação descrita no item 7 do presente edital pessoalmente, de segundas às sextas-feiras das 10h às 18h, na portaria do CCBA, localizada na rua Cerveira Pereira, 19, Bairro Coqueiros, em Luanda.

8.2. O ato de envio da proposta implica na aceitação das normas e condições previstas no presente Edital.

8.3. No ato de entrega da documentação o interessado receberá documento de entrega. O documento não certificará que a documentação está completa, nem que os preceitos estabelecidos neste Edital foram cumpridos, ficando esta tarefa condicionada à efetiva análise da Comissão.

 

9- Comissão Organizadora

9.1. A análise e a habilitação das propostas ficará a cargo da Comissão Organizadora que será composta por 3 (três) membros titulares e 1 (um) suplente, definidos pela Direção do CCBA em conjunto com a Embaixada do Brasil. A Comissão será presidida pela Diretora do CCBA.

 

10-Habilitação

10.1- A habilitação das propostas será realizada pela Comissão Organizadora tendo como base:

a) na análise da documentação: propostas sem assinatura do proponente nos locais adequados e sem documentação completa e correta serão automaticamente inabilitadas;

b) na análise da viabilidade das propostas: serão analisados os todos os documentos que descrevem a proposta.

10.2- Os projetos habilitados não receberão patrocínio financeiro do CCBA para sua realização e somente poderão integrar a programação do Centro após cumpridas todas as etapas constantes do Termo de autorização de espaço expositivo.

10.3- Caberá a Comissão apontar as propostas habilitadas e definir o calendário de exposição das mesmas.

 

11-Homologação

As propostas habilitadas serão homologadas a partir da assinatura do Termo de Utilização do Uso Espaço por parte do proponente, que o receberá via email após a aprovação de sua proposta.

Como contrapartida pela utilização do espaço, os proponentes que tiverem seus projeto homologados se comprometem, ao final da exposição, em doar uma ou mais obras de arte que farão parte do acervo do CCBA, cujo valor mínimo total seja de AOA 600.000,00 ( seiscentos mil kwanzas).

Formulário de Envio de Projetos

Regras de Utilização do Espaço (para consulta)